Cantanhede assinalou Dia da Juventude com mercado informativo informal

O Município de Cantanhede assinalou o Dia da Juventude com a realização de um mercado informativo informal. Destinado a jovens com idades entre os 14 e 30 anos, a iniciativa abordou diversas áreas, designadamente a educação, cultura, desporto, entre outras, aproveitando a ocasião para divulgar os vários programas e respostas que existem a nível local, nacional e internacional (programas de estágios, intercâmbios, festivais, oportunidades, etc.).

A ação decorreu no Mercado Municipal, no ambiente da Expofacic, com o objetivo de promover uma participação ativa dos jovens, proporcionando a possibilidade de conhecerem um pouco melhor a autarquia, a cidade e a região onde residem.

PUB

Desta forma, a Câmara Municipal pretendeu desencadear um processo de reflexão sobre o futuro da juventude e promover a sua participação ativa na construção do futuro de Cantanhede, do país e do mundo.

Depois das grandes dificuldades que os jovens enfrentaram na pandemia da Covid-19, a autarquia procura, desta forma, colocar em evidência as oportunidades formativas e culturais locais e regionais, de forma a implementar uma cidadania ativa, consciente, informada e responsável na sociedade.

O Município pretendeu com o Dia da Juventude, este ano subordinado ao tema “Solidariedade Intergeracional: Criando um mundo para todas as idades”,  abrir espaço para atividades que valorizem a consciência de que é necessário aproveitar o potencial de todas as gerações.

O vice-presidente da autarquia com o pelouro da Juventude, Pedro Cardoso, garantiu que esta iniciativa terá continuidade ao longo do ano e sublinhou “a importância da solidariedade entre as gerações para o desenvolvimento sustentável e a busca do bem comum, de modo a garantir que ninguém fica para trás”.

Após a realização desta atividade, todos os participantes foram convidados a visitar a Expofacic.

As entidades que dinamizaram o mercado informativo foram o Município de Cantanhede, com incidência sob o Orçamento Participativo Jovem, o Ano Europeu da Juventude, o Banco Voluntariado Jovem, “O teu Município: a tua voz”; a ETPC – Escola Técnico Profissional de Cantanhede; a AELDF – Associação de Estudantes Lima de Faria; os Agrupamentos de Escuteiros de Cantanhede, Febres e Tocha; a Associação Lúcia-lima; a Catraia; o Centro Cultural e Recreativo da Pena, com  a Festa D’Anaia; a Sociedade Columbófila Cantanhedense; o Cancioneiro de Cantanhede: Folk; e Cordinha D’água com Teatro. No plano nacional participaram a FNAJ – Federação Nacional das Associações Juvenis e a Jornada Mundial da Juventude.

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais