Centenas de pessoas participaram na “Rota do Coração” em Cantanhede

O Parque de S. Mateus acolheu no domingo, dia 25 de setembro, a “Rota do Coração”, iniciativa que decorreu no âmbito do projeto de sensibilização para as doenças cardiovasculares que a delegação Centro da Fundação Portuguesa de Cardiologia tem vindo a dinamizar desde há seis anos e que se intitula “Coimbra Unida pelo Coração”.

Ao longo de todo o dia, centenas de pessoas passaram pelo Parque de S. Mateus, onde tiveram oportunidade de beneficiar de uma avaliação cardiovascular e participar em várias atividades promotoras de um estilo de vida saudável, nas quais estiveram envolvidas instituições, unidades de saúde, bem como empresas da região.

Entre as ações realizadas, destaque para uma dedicada à alimentação saudável e outra sobre os riscos do consumo de álcool. Houve ainda tempo para a atividade física (com zumba, aeróbica, ginástica localizada, body&soul dance, hip hop, cross training, treino funcional, ténis, tai chi, armas de corte, pilates, yoga…), fisioterapia cardiorespiratória, educação postural, gestão do stress (autocontrolo da ansiedade, técnicas de relaxamento, massagem de som Peter Hess) e cessação tabágica. O programa incluiu também a sensibilização da população sobre emergência cardiovascular, reconhecimento de sinais de alerta e Suporte Básico de Vida.

A “Rota do Coração” constituiu a primeira iniciativa do “Cantanhede Unida pelo Coração”, projeto que está a ser desenvolvido como extensão do de Coimbra e que tem como parceiros a UCC de Cantanhede/ACeS Baixo Mondego, o Núcleo de Cantanhede da Fundação Portuguesa de Cardiologia, a Câmara Municipal de Cantanhede, a União de Freguesias Cantanhede e Pocariça, o Hospital Arcebispo João Crisóstomo, o Centro de Medicina Reabilitação Região Centro – Rovisco Pais e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais