Ha novos vouchers de 30 mil euros para startups

Está aberta a medida Vouchers para Startups – Novos Produtos Verdes e Digitais Aviso N.º10/C16-i02/2022. Os Vouchers para as Startups, uma medida gerida pela StartupPortugal e apoiada pelas entidades coordenadoras: IAPMEI e Portugal Digital, representa mais um impulso fundamental para o desenvolvimento do ecossistema do empreendedorismo nacional. Com o principal objetivo de apoiar o desenvolvimento de projetos empresariais recém-criados, os Vouchers têm um valor fixo de 30 mil euros por startup.

– Quem pode submeter a sua candidatura, o seu projeto?

As startups que se candidatam devem ter até 10 anos de existência, sede em Portugal e Certificação de PME, pelo IAPMEI.

 

– Esta medida visa apoiar startups, sendo suscetíveis de apoio projetos enquadrados na promoção de modelos de negócio, produtos ou serviços digitais com contributo positivo para a transição climática através da elevada eficiência na utilização de recursos, que permitam a redução dos impactos da poluição, que fomentem a economia circular, que constituam novas soluções de produção energética e/ou que se caracterizem pela utilização de Dados Abertos ou de Inteligência Artificial, nomeadamente:
– Apoio ao arranque e crescimento;

– Financiamento a startups em fase de arranque;

– Apoio a participação em programas de ignição e aceleração;

– Financiamento de startups que se candidatem a programas de ignição ou de aceleração;

– Apoio ao desenvolvimento de projetos piloto;

– Financiamento destinado à demonstração de tecnologia ou modelo de negócio/serviço, desenvolvidos por startups, que permita à Startup fazer uma demonstração da sua tecnologia comprovando a sua eficácia.

 

Para usufruto destes Vouchers, as despesas elegíveis são:

  • Custos com recursos humanos;
  • Despesas com acreditação ou certificação tecnológica de recursos humanos;
  • Aquisição de Serviços Externos Especializados (digitalização de processos de negócios, serviços de marketing, etc)
  • Aquisição ou aluguer operacional de equipamentos, custos de licenciamento ou de subscrição de software;
  • Custos com a proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual;
  • Custos indiretos.

O valor fixo de cada voucher será disponibilizado em seis tranches trimestrais de cinco mil euros e as candidaturas de cada cut-off trimestral são analisadas pela StartupPortugal.

As candidaturas são efetuadas via Balcão dos Fundos, a partir de 25 de novembro – Balcão dos Fundos (balcaofundosue.pt)

Saiba mais em https://bit.ly/3DYN87E

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais