Mãe que abandonou recém-nascido na Mealhada detida por crime de homicídio qualificado

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, no cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público da Mealhada, deteve uma mulher, suspeita de homicídio de um recém-nascido. Os indícios colhidos até ao momento, pela investigação, apontam no sentido de, na sequência de uma gravidez indesejada, a suspeita ter tido um parto sem assistência e abandonando o recém-nascido, dentro de um contentor do lixo.

Os factos ocorreram em julho de 2022, no concelho da Mealhada. A detida, com 33 anos de idade, foi presente às Autoridades Judiciárias competentes para interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A 25 de julho de 2022 um recém-nascido foi encontrado morto num caixote do lixo na Mealhada. A mãe terá dado entrada numa unidade hospitalar devido a uma hemorragia e terá indicado na altura o lugar onde estava o recém-nascido. Quando os operacionais da Guarda Nacional Republicana (GNR) chegaram ao local, o feto já estava cadáver.

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais