The Gift, Fingertips, Mário Daniel, Carlos Cunha ou Hugo Sousa no Cineteatro Messias

O palco do Cineteatro Messias está pronto para receber um último quadrimestre repleto de celebrações, com espetáculos musicais, teatrais e cinematográficos a cargo de bandas e artistas de renome como “The Gift”, “Fingertips”, Mário Daniel, Carlos Cunha e Hugo Sousa. Pela primeira vez, o Cineteatro promove os Encontros com o Cinema e associa-se ao festival “Caminhos do Cinema Português”.

“O Cineteatro Messias é um ponto de encontro cultural da região, do público, das grandes produções nacionais e da associações culturais locais”, destacou Filomena Pinheiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, na conferência de imprensa de apresentação da programação, realizada, ao início da tarde, no Cineteatro Messias.

Com uma programação diversificada, este emblemático espaço cultural prepara-se para abraçar o último quadrimestre de 2023, homenageando uma série de efemérides marcantes que abrangem diferentes formas de arte e expressão. O sexto aniversário da companhia de teatro “Caixa de Palco, a 1 de setembro, é um dos destaques iniciais desta temporada. Para comemorar estes seis anos de dedicação à criação teatral, a companhia voltará a trazer ao palco “A Aia”, uma peça que antecipa as produções que ainda estão por vir, como a estreia da peça de teatro “O Sermão”, que acontecerá a 27 de outubro.

Ainda em setembro, Mário Daniel, o consagrado mágico com o maior share de audiências da televisão portuguesa da última década, apresenta, no dia 30, “Minutos Mágicos – O espetáculo”, uma proposta recheada de humor e descontração, criada para a intensa participação do público.

A música também terá um papel central na programação. Entre vários grupos, bandas renomadas subirão ao palco para brindar o público com uma variedade de géneros, desde o rock e o pop até ao jazz e à música clássica.

A 14 de outubro, o Cineteatro Messias presta homenagem ao legado da Disney que, há um século, encanta gerações com as suas histórias atemporais e personagens icónicas. Saindo do conceito clássico de concerto, dois cantores líricos interpretam canções e duetos, em tempo real, com a projeção de partes de filmes da Disney, permitindo ao público reviver e compartilhar, com as gerações mais jovens, momentos mágicos das animações.

No dia 28, num concerto de tributo a Michael Bublé, a noite será passada ao som de temas do cantor, considerado um dos maiores ícones da música pop/jazz. Logo no mês seguinte, a 11 de novembro, num registo fora do habitual, os “The Gift” apresentam o álbum “Coral”, acompanhados em palco por um coro.

A energia musical prossegue, a 9 de dezembro, com um concerto de comemoração das duas décadas de carreira dos “Fingertips”, banda que tem cativado os corações dos fãs com a sua música única e envolvente. Nessa noite, o público terá a oportunidade de viajar por memórias dos seus últimos 20 anos, através de êxitos intemporais.

Este mês ficará também marcado pela celebração do Dia Internacional do Tango, comemorado a 11 de dezembro e reconhecido, desde 2009, como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Numa dança apaixonante e cheia de história, esta manifestação única da cultura humana será, no dia anterior, distinguida com um espetáculo internacional, com músicos e bailarinos argentinos. Ainda na área da dança, o Cineteatro Messias voltará a receber, pelo terceiro ano consecutivo, a competição nacional “Portugal a Dançar”, cuja final regional acontece no dia 8 de outubro.

A 16 de dezembro chega a última celebração do ano, a da quadra natalícia, com a Orquestra da Costa Atlântica a apresentar uma versão inédita e musicada do tradicional conto do Capuchinho Vermelho, num concerto de Natal intitulado “E se a música te contasse… A história do Capuchinho Vermelho?”. O espetáculo, dirigido pelo maestro Luís Miguel Clemente e narrado pelo humorista Jorge Serafim, é acompanhado de ilustrações projetadas no fundo de cena e promete momentos de alegria e diversão para toda a família.

Programação com variedade de géneros teatrais

No dia 21 de outubro, em “O último fecha a porta”, os consagrados atores Carlos Cunha, Erika Mota e Nuno Pires prometem um espetáculo com gargalhadas garantidas do princípio ao fim. No mês seguinte, a 18 de novembro, a adaptação teatral de “A Maior Flor do Mundo” vai unir a perfeição da escrita de José Saramago à expressividade musical da Associação Filarmónica de Luso, prometendo uma experiência única, em que a magia da literatura e da música se fundem num só espetáculo.

Hugo Sousa apresenta, no dia 25 de novembro, “Lado Positivo”, o seu 9.° solo de stand-up comedy e, para os mais novos e suas famílias, estão de regresso os musicais infantis. “Aladino”, no dia 29 de outubro, e “Cinderela”, a 1 de dezembro, levarão à cena personagens adoradas, aventuras emocionantes e músicas envolventes.

Ainda na linha dos eventos comemorativos, a exposição interativa de celebração do Dia Mundial da Música, denominada “A música e as suas histórias”, acrescentará, em outubro, uma dimensão visual a estas celebrações mais auditivas. “Olhares Inocentes” e “Um inverno mais feliz” completarão o leque de exposições que estarão patentes no Cineteatro Messias até final do ano.

 

Mealhada integra circuitos de cinema

Pela primeira vez, o Município da Mealhada vai integrar o 29.º Festival Caminhos do Cinema Português, que decorrerá de 10 a 18 de novembro, e apresentar uma série de eventos ligados à área do cinema: a 21 e 22 de setembro, o Cineteatro Messias será palco de duas sessões da estreia do filme “A Ratoeira Portuguesa”, um trabalho totalmente pensado, planeado e produzido por três jovens de 19 anos, naturais do concelho, e, no dia 3 de novembro, serão realizados, neste espaço municipal, “Encontros com Cinema na Mealhada”, pontos de encontro, aprendizagem e partilha de ideias, experiências e visões sobre a sétima arte, que têm como finalidade posicionar o concelho e a região como um espaço “amigo” do cinema.

Existe a intenção de criar um cluster das indústrias culturais e dada a aproximação que já existe ao cinema, com o Município a ser palco de várias produções cinematográficas, faz todo o sentido que se inicie com o cinema”, adiantou Filomena Pinheiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, na conferência de imprensa de apresentação da programação, realizada, ao início da tarde, no Cineteatro Messias.

Por último, a 2 de dezembro, será exibido o filme “O Natal do Bruno Aleixo”, dos realizadores João Moreira e Pedro Santo e criadores da personagem “Bruno Aleixo”, que tanto sucesso tem feito no YouTube com seus vídeos cómicos, ao ponto de se ter tornado popular não só em Portugal, mas também no Brasil.

“O Cineteatro Messias preparou-se para oferecer um último quadrimestre de 2023 de celebração da arte, da cultura e de momentos de união, com uma programação que vai desde aniversários inspiradores até homenagens de grande significado, pelo que convidamos o público a juntar-se a nós para comemorar a vitalidade destas várias formas de expressão humana”, sublinhou Filomena Pinheiro.

“Apresentamos uma programação diversificada, com propostas para todos os gostos e idades, que afirmam o Cineteatro Messias no panorama cultural da região. Fazemos um investimento significativo na cultura nacional e local, conjugando as grandes produções com o envolvimento das nossas associações”, sublinhou António Jorge Franco, presidente da Câmara Municipal da Mealhada.

SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais