Bairrada eleita pelo ‘Concurso Mundial de Bruxelas’ para a competição de espumantes

Bairrada foi a região eleita pela entidade detentora do ‘Concurso Mundial de Bruxelas’, um dos mais prestigiados a nível mundial, para a estreia de uma competição dedicada, em exclusivo, a espumantes. O evento teve lugar no Museu do Vinho Bairrada e a organização envolveu os criadores do Concurso, assim como a ViniPortugal, a Comissão Vitivinícola da Bairrada, a Associação Rota da Bairrada e o Município de Anadia. Contou ainda com o apoio da Turismo Centro de Portugal e do Instituto da Vinha e do Vinho. Os prémios vão ser divulgados já hoje, dia 7 de julho, no site do Concurso Mundial de Bruxelas, em www.concoursmondial.com/pt/.

Nesta que foi a primeira ‘sessão’, estiveram quase 1000 espumantes a concurso, com origem em 23 países distintos. Portugal foi o quarto país com o maior número de inscrições, com 85 espumantes à prova, de entre os quais a Bairrada se destacou. Os três primeiros lugares pertenceram aos principais exportadores mundiais de espumantes – Itália, França e Espanha. Do lado dos provadores, contabilizaram-se 65, de 26 nacionalidades diferentes. Foram avaliados vinhos espumantes e semi-espumantes, brancos, rosados e tintos e nas categorias secos, semi-secos ou doces.

PUB

A realização desta primeira competição dedicada ao espumante, em Portugal e na região da Bairrada, acontece na sequência de um desafio e convite lançado pela ViniPortugal à organização do evento. A resposta positiva foi bastante natural e espontânea, devido à ligação da região a este tipo de vinho, tratando-se da maior produtora de espumantes do país.

Para Pedro Soares, presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada, ‘foi com grande entusiasmo que recebemos um dos maiores concursos de vinho na nossa região. Esta foi a primeira sessão de espumantes do Concurso Mundial de Bruxelas, sendo a nossa região a eleita para o acolher, e tudo faremos para que nos próximos anos se mantenha aqui e continuemos, juntos, a provar e a eleger os melhores espumantes a nível mundial. Este foi um concurso que recebeu um painel de 65 provadores, de 23 países distintos, que tiveram a oportunidade de conhecer melhor a realidade da região, alguns produtores e provar não só os espumantes mas também os restantes vinhos aqui produzidos. Esta experiência irá ajudar-nos, no futuro, a promover a Bairrada e o que esta tem de melhor.’

Quentin Havaux, membro da organização do ‘Concurso Mundial de Bruxelas’, afirma estar ‘convicto de que Anadia é uma região muito específica e especial para os espumantes e julgo que obterão excelentes resultados, pois têm de facto uma história e uma relação com as “bolhas”, que é impressionante no mundo do vinho.’

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais