Festival Hu’morde-me em Oliveira do Bairro com Diogo Batáguas e Rodrigo Marques

O Hu’morde-me – Festival de Humor de Oliveira do Bairro regressa ao auditório do Quartel das Artes para a sua 5.ª edição, entre 4 e 12 de novembro, levando ao palco os humoristas Diogo Batáguas, Rodrigo Marques e Hugo van der Ding.

De acordo com Lília Ana Águas, Vereadora da Cultura do Município de Oliveira do Bairro, o festival Hu’morde-me, pelas suas características diferenciadoras, assume-se como um dos principais eventos da nossa programação cultural, que pretendemos que seja contemporânea, diversificada e valorizadora, ao nível do panorama artístico nacional e internacional”.

O festival começou no dia 4 de novembro, com a exibição do filme “Curral de Moinas: Os banqueiros do povo”, com João Paulo Rodrigues e Pedro Alves, no papel das conhecidas e cómicas personagens de Quim Roscas e Zeca Estancionâncio. Com realização de Gonçalo Galvão Teles, “Curral de Moinas” chegou ao quinto lugar no top dos filmes portugueses mais vistos de sempre, após ultrapassar “Filme da Treta” (2006) e “Variações” (2019).

No dia seguinte, 5 de novembro, Hugo van der Ding subiu ao palco do Quartel das Artes com Ana Markl e Tiago Ribeiro, para apresentarem ao vivo a rubrica da Antena 3 “Vamos Todos Morrer”. Em palco, os três animadores “exumar a biografia de três cadáveres com vidas incríveis”, acompanhados pelos convidados especiais, Lena d’Água e o Noiserv, que prometem “animar o velório”.

No dia 11, sexta-feira, é a vez do humorista brasileiro Rodrigo Marques apresentar-se em Oliveira do Bairro, “sem limites e censuras e com textos totalmente inéditos”. Após a estreia, em 2021, do seu especial de comédia “Inimigo do Nível”, na plataforma Netflix, Rodrigo Marques regressa aos palcos com o seu novo espetáculo, “Paz de Darwin”, onde fala sobre o preconceito que sofreu por ser ateu e sobre o processo de desconstrução quanto à monogamia.

A edição 2022 do Hu’morde-me encerra no dia 12 de novembro com um espetáculo de stand-up comedy “Processo”, de Diogo Batáguas. O comediante, que conta com dezenas de milhares de seguidores nas suas redes sociais e canal de YouTube, vê-se “envolvido em diversos processos judiciais” e procura, neste monólogo humorístico, “a sua defesa e mostra o seu ponto de vista sobre a situação em que se viu enredado”.

O preço dos bilhetes para os espetáculos do Festival Hu’morde-me varia entre os 3€ e os 15€, podendo ser adquiridos na receção do Quartel das Artes, em Oliveira do Bairro, ou através do site bit.ly/TicketlineQA, pesquisando pelo nome do evento. De referir que todos os espetáculos têm início marcado para as 22h00.

Recorde-se que nas edições anteriores do festival, entre 2018 (ano da sua estreia) e 2021, passaram nomes como Bruno Nogueira, Herman José, Eduardo Madeira, Fernando Alvim, Nuno Markl, Vasco Palmeirim, Salvador Martinha, Fernando Rocha, António Raminhos, Ana Garcia Martins (A Pipoca Mais Doce) e David Cristina, Dário Guerreiro, Luana do Bem, entre outros.

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais