Detido por dois incêndios florestais em Vilarinho do Bairro

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, na sequência da emissão de mandados de detenção pelo magistrado do Ministério Publico de turno na Comarca de Aveiro, procedeu à detenção do presumível autor dos crimes de incêndio florestal, ocorridos ao início e final da noite dos dias 25 e 26 de julho na freguesia de Vilarinho do Bairro, concelho de Anadia.

modus operandi consistiu no recurso a chama direta ou material incandescente para dar início aos incêndios, em zona de extensa mancha florestal, confinante com várias habitações, incêndios esses que, graças a serem precocemente detetados e combatidos pelos bombeiros, foram prontamente circunscritos.

Não foi possível determinar qualquer motivação racional ou explicação plausível para a prática dos factos em investigação, para além de um quadro grave de alcoolismo.

O detido, trabalhador da construção civil, com 49 anos de idade, foi presente às Autoridades Judiciárias, na comarca de Aveiro e depois de ouvido em primeiro interrogatório judicial foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações periódicas trissemanais, cumulativamente com o uso de pulseira eletrónica no âmbito de um processo de violência doméstica.

Advanced Heading
SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais