Fernando Gonçalves fez a “dobradinha” no Torneio Festas da Cidade de Cantanhede

Realizou-se nos dias 29 e 30 de julho, nos courts de relva sintética do Clube Escola de Ténis de Cantanhede, o “Torneio Festas da Cidade de Cantanhede”. prova oficial da FPT de nível B, com a presença de trinta e oito jogadores, distribuídos pelos escalões de +45 e +55 anos masculinos, e +35, +45 e +55 anos femininos.

O torneio teve como grandes vencedores Fernando Gonçalves  (+55 anos ) e pares masculinos ao lado de Miguel Cruz (+45 ), José Fernandes (+45), Fátima Ferrer (+35 ), Maria Alice Marques (+45) e Paula Silvestre (+55).

O sangalhense Fernando Gonçalves, que esta época representa o Clube Escola de Ténis de Cantanhede, primeiro pré designado e nº 12 do ranking nacional, foi o jogador com melhor resultado no torneio, tendo conquistado dois troféus. Na final de singulares do escalão de +55 anos, impôs-se ao aveirense Paulo Neiva (Escola de Ténis de São Bernardo ), nº 205, em duas partidas com os parciais de 6-1 e 7-6(7/4) no tie break.

Na prova de pares Fernando Gonçalves ao lado do maiato Miguel Cruz, venceram a final de pares, frente a dupla constituída pelo lusense Gonçalo Vieira e pelo anadisense Carlos Neves, em dois sets com os parciais de 7-6, com (8/6) no tie break e 6-4.

O escalão de +45 anos foi dominado pelos jogadores da Escola de Ténis da Maia, com a vitória a sorrir a José Pedro Fernandes, primeiro pré desigando e nº 8 da hierarquia nacional, que venceu na final o congénere Miguel Cruz, segundo cabeça de série e nº 47, em duas partidas com os parciais de 6-0 e 6-4.

Os quadros femininos tiveram com protagonistas a aveirense Fátima Ferrer da Associação Escola de Ténis Mauri Gomez, que venceu na final do escalão de +35 anos a vianense Carla Pereira do Clube de Ténis de Viana, e nº 24 nacional em dois sets com os parciais de 6-0 e 6-4.

No escalão de +45 anos femininos a portuense Maria Alice Marques do Clube de Ténis do Porto, e segunda pré designada e nº 11 nacional, venceu a oliveirense Danielle Shorey do Ténis Clube do Choupal, primeira pré designada e  nº 9, com os parciais de 6-4 e 6-2.

Por último, no escalão de + 55 anos, a figueirense Paula Silvestre do Ténis Clube do Choupal, primeira pré designada e nº 14 nacional, venceu na final a lisboeta Ana Amaro do Lisboa Racket Center, segundo pré designada e nº 47, em duas partidas com os parciais de 6-1 e 6-2.

SUBSCREVA JÁ

NEWSLETTER

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Ler mais